Sábado, 16 de Outubro de 2021
28°

Poucas nuvens

Afonso Bezerra - RN

Saúde Setembro Amarelo

SUICÍDIO: QUANDO O FRACASSO É OPÇÃO E NUNCA TEVE DONO.

Alguns pontos curiosos, como, por exemplo, quando dizemos que o grupo mais sujeito a COMETER SUICÍDIO no Brasil são homens com idade entre 15 e 34 anos. Apesar desse dado, para cada homem que tira a própria vida, existem três mulheres que tentaram e não conseguiram acabar com a própria vida.

23/09/2021 às 22h11
Por: Hermerson Barbosa
Compartilhe:
Imagem reproduzida
Imagem reproduzida

Isso acontece porque os suicidas do sexo masculino geralmente usam métodos mais diretos como o emprego de armas de fogo, enquanto que as mulheres optam por meios que proporcionem menos dor, como a ingestão de remédios ou venenos.

Os sinais do suicídio estão presentes normalmente no planejamento de terapeutas que costumam abordá-los e trata-los com terapias que utilizem o psicodrama Triádico ou de J. Moreno no processo da cura. E com isso estes profissionais se deparam com o processo do alarme, quando o QUASE suicida começa a falar ou demonstrar que pretende dar fim a própria vida. Depois seria a mudança de comportamento que pode gerar uma mudança do temperamento o que, a sequência natural poderia chegar a um estado de depressão. Depois, a consequência neste processo poderá acontecer com o abuso de drogas e, como tratamento básico o uso de terapias que utilizem métodos como o psicodrama. Há seguir mostro um pouco sobre cada um destes estágios que normalmente é apresentado por aquele que pretende acabar com a própria vida, além das terapias que utilizam métodos psicoterápicos para a cura.

1)  O ALARME = Não raro, pessoas com pensamentos suicidas expressam sua vontade da autodestruição (se matar). Seja em uma conversa ou em um POST no FACEBOOK. Não julgue nem ignore. Muitas pessoas pensam que é um chamado por atenção, porém de ser uma vontade legítima;

2)  A MUDANÇA = O humor de um potencial suicida pode mudar da água para o vinho em questão de segundos. Isso porque muitas vezes, essa pessoa enfrenta algum tipo de desiquilíbrio químico no cérebro.

 

3)   A DEPRESSÃO: Suicídio e depressão, dizem os entendidos, andam de braços dados. Cerca de 15% dos pacientes severamente deprimidos tentam dar fim à própria vida. Se você ainda não sabe identificar uma pessoa deprimida, passe a observar com mais cuidado e carinho quem lhe procura para desabafar.

4)   O ABUSO DE DROGAS = Boa parte dos casos de suicídio está associada ao uso indiscriminado do ÁLCOOL e outras drogas psicoativas. Fique atento com a mudança brusca de comportamento de certas pessoas que, de uma hora para outra, começa a aparecer embriagado ou visivelmente drogado.

5)   O PSICODRAMA = Passa a ser um recurso muito utilizado pelo potencial suicida que se proponha fazer parte destes grupos de atendimento. Estes pacientes – dizem os registros das clínicas especializadas – ao retornarem para seus lares podem cometer suicídio. O que se conclui que toda melhora substancial e repentina deve ser vista com cautela e o acompanhamento com o paciente deve ser constante.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Afonso Bezerra - RN Atualizado às 20h49 - Fonte: ClimaTempo
28°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 35°

Dom 36°C 22°C
Seg 35°C 23°C
Ter 34°C 23°C
Qua 35°C 22°C
Qui 35°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete